Arquivo

A aposta do IE Business School no Brasil

A aposta do IE Business School no Brasil

20.11.2014

Os Líderes Brasileiros iniciaram a sua última jornada em Madrid com um encontro na escola de negócios

O setor académico desempenha um papel primordial na promoção das relações bilaterais entre Espanha e outros países. Por isso, o Programa Líderes organizou um encontro entre os jornalistas que participam na sua primeira edição e representantes do IE Business School, uma das principais escolas de negócios do mundo.

Assim o explicou ao grupo Santiago Íñiguez, presidente da Universidade Instituto de Empresa (IE) e decano da Escola de Negócios, que recebeu os jornalistas brasileiros na sede da instituição na Calle Serrano. Também participaram no encontro VanDyk Silveira, CEO da Executive Education; Félix Valdivieso, diretor de Comunicação e Lee Newman. O Dr. Lee Newman fez uma apresentação /aula sobre Behavioural Fitness.

“Todos os anos temos cerca de 40 alunos chegados do Brasil, mas também temos professores brasileiros e membros do staff, do qual VanDyk Silveira, CEO da unidade da Executive Education é um grande exemplo”, destacou Santiago Íñiguez. Para o decano da escola, o Brasil é um país e um mercado que o Instituto de Empresa sente muito próximo. No Brasil tem uma presença forte e também há uma relação com empresas e instituições brasileiras como o Itaú ou a Fundação Getulio Vargas. Na sua opinião, são necessárias medidas para abrir a formação superior do Brasil ao resto do mundo, de forma a atrair mais investimento, mais alunos e, definitivamente, mais talento.

Num mundo que se caracteriza pela globalização, as tendências do movimento internacional de alunos apontam para um crescimento estável. No Instituto de Empresa, onde 96% dos alunos do MBA são estrangeiros, provenientes de 87 nacionalidades, estão convencidos de que o motor da mudança e do desenvolvimento da sociedade é a internacionalização. “E, nesse sentido, a Ibero-América apresenta dados de mobilidade internacional de alunos do ensino superior muito altos, muito mais elevados do que a Europa, o que lhes está a dar muita competitividade”, mencionou. Desta forma, para garantir a circulação do talento, confiam nos governos e mais concretamente nas relações bilaterais entre Espanha e o Brasil para eliminar as barreiras que travam este intercâmbio, através do investimento em programas e soluções, como patrocínios de mobilidade e o reconhecimento de programas.

Reconhecida pelo Financial Times e pela Businessweek como a melhor escola de negócios da Europa pelo seu programa de MBA, o IE Business School é uma escola que aposta na diferenciação, inovação e disrupção, até ao ponto de assumir alguns riscos difíceis de entender noutras instituições académicas mais tradicionais. Isso levou-os a serem pioneiros em ‘blended education’, metodologia que combina o ensino on-line e presencial. “Há dois anos li no Financial Times que o IE Business School é uma escola incomum com gente incomum”, comentou Santiago Íñiguez, “não sabia se entender isso como uma crítica ou não, mas com o tempo percebi que se referem ao nosso ADN, a esse caráter empreendedor”.

Após a apresentação, o centro acolheu a delegação da Fundação Conselho Espanha-Brasil com um café, no qual os líderes puderam conhecer e conversar com um grupo de alunos brasileiros que se encontram a estudar no IE.

Más imágenes en la Galería.

Contato

C/ Serrano Galvache, 26.
Torre Norte, planta 9ª.
Ministerio de Asuntos Exteriores, Unión Europea y Cooperación
28033 Madrid (ESPAÑA)
contacto@espanha-brasil.org

Comunicación: www.nolsom.com

 

 

Newsletter

Se quiser receber a nossa newsletter mensal insira o seu endereço de email

Preencha o formulário

Informação

Patronos

Abertis
Acciona
Casa América
Iberdrola
Iberia
ICEX
IE
Inditex
Indra
Instituto Cervantes
Mapfre
Ministerio de Asuntos Exteriores y de Cooperación
Naturgy
Repsol
Grupo Santander
SEPIE
Telefónica
©2018 Fundação Conselho Espanha Brasil